Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Técnicos da Prefeitura passam por capacitação do TRF

Share

Sistema Eletrônico de Informação deve entrar em funcionamento no segundo semestre e trará agilidade, economicidade e transparência aos processos

 

sistema.sei.DA fim de proporcionar mais celeridade e eficiência no trâmite dos processos administrativos realizados pela Prefeitura, cinco membros do Grupo de Trabalho(GT), responsável pela implantação do Sistema Eletrônico de Informação (SEI), foram a Porto Alegre participar de uma capacitação ministrada pelos funcionários do Tribunal Regional Federal da 4ª região, durante o dia de ontem (5).

O grupo teve acesso às informações sobre a gestão do sistema. “Tivemos acesso a elementos necessários para montar o plano de projeto de implantação, que será encaminhado ao prefeito Alexandre Kireeff até 13 de março, e que dizem respeito ao sistema de permissões e gestão do SEI”, explicou o coordenador do GT, Newton Hideki Tanimura.

O secretário municipal de Gestão Pública, Rogério Carlos Dias, contou que o objetivo é reduzir o número de impressões pela metade. “Não é possível reduzir 100% das impressões, porque há documentos que necessitam ser entregues à população de forma impressa, como é comum na Secretaria de Saúde e Educação. O SEI vem facilitar os trâmites, porque otimiza o tempo de tramitação, traz transparência aos processos, segurança na guarda dos documentos, economicidade e eficiência, além de possibilitar que várias pessoas possam acessar o mesmo processo ao mesmo tempo”, ressaltou.

Até o momento, os técnicos realizaram testes como usuários do sistema, visto que ele, futuramente, será utilizado para atender as demandas da população, além dos trabalhos internos dos servidores. O primeiro semestre está sendo um período de testes como administrador, de treinamento dos usuários e de elaboração de estratégias e processos. O SEI deve entrar em funcionamento em meados de setembro. A previsão é que o município leve dois anos para utilizá-lo em todos os procedimentos.

Atualmente, mais de 50 órgãos públicos utilizam o software livre elaborado pelo TRF 4ª região, que é um sistema de processos eletrônicos feito totalmente pela web, fácil de manusear, rápido, intuitivo, com assinatura eletrônica de documentos e suporta a anexação de imagens e documentos. A criação, edição, assinatura e o armazenamento dos dados serão realizados por meio eletrônico.

 

Imagem: Divulgação

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1489 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao